Controle de Ponto

Afinal, porque ter um relógio de ponto eletrônico na empresa?

outubro 22, 2018
Tempo de leitura 6 min

Todo empregador tem que se preocupar com algumas etapas sobre a atuação dos colaboradores. Entre as exigências, é preciso acompanhar as horas trabalhadas e garantir o seu registro. Para a função, o relógio de ponto eletrônico é essencial.

Esse é um recurso completo e que garante diversas vantagens — tanto para o empregador quanto para o time. Mesmo assim, muitos responsáveis ainda não conhecem todos os benefícios da ferramenta.

Para que você explore o potencial desse recurso, separamos aqui os principais aspectos positivos do relógio de ponto. Continue a leitura e tire as suas dúvidas!

Agilidade no processamento de dados

Controlar os horários de entrada e de saída de todos os colaboradores de forma manual não é nada fácil, concorda? A tarefa exige uma grande disponibilidade de recursos e, quanto maior for a equipe, maior será a dificuldade.

Por outro lado, o relógio de ponto eletrônico é um jeito de simplificar e de acelerar a etapa. Como utiliza a tecnologia em favor da missão, é um modo de automatizar o registro. Por meio da verificação escolhida — que vai do cartão eletrônico à biometria —, há a entrada automática de dados toda vez que alguém entra ou sai.

Além de isso permitir o acompanhamento sobre a jornada obrigatória, é possível conhecer a realização de horas extras. Assim, é viável verificar mais facilmente qual é o volume que cada colaborador trabalhou graças ao processamento ágil.

Aumento da eficiência dos processos de RH

Tão importante quanto registrar as horas é utilizá-las para as diversas etapas de RH e de departamento pessoal. A principal tarefa que usa esses dados, é claro, é a folha de pagamento. Ao final do mês, é preciso saber quantas horas cada profissional trabalhou para ter noção exata do valor do salário e de seus benefícios.

E, se você acha que isso só serve para o cálculo mensal, saiba que o relógio ajuda em várias outras obrigações. Na hora de calcular o adicional de férias, por exemplo, é muito importante saber a quanto cada colaborador tem direito, baseando-se nos vencimentos médios.

Como tudo ganha eficiência, podemos garantir que o seu RH assumirá uma posição ainda mais estratégica. Será preciso ter menos pessoas voltadas a tarefas repetitivas — como a conferência intensa de dados —, o que garante a produtividade. Por outro lado, a equipe conseguirá se dedicar a etapas mais importantes e que geram um impacto ainda maior no sucesso da organização.

Controle da pontualidade e das jornadas

Não basta que os colaboradores cumpram a jornada mínima. A menos que o empreendimento tenha uma política flexível de horários, a pontualidade é um fator que merece atenção. Mas como ter a certeza de que alguém sempre chega e sai no horário certo?

Com o relógio de ponto eletrônico, a tarefa fica descomplicada. É possível gerar relatórios e, a partir deles, conhecer quem tem chegado e saído no horário. Isso ajuda a direcionar a comunicação, como ao reforçar a importância da pontualidade. Como consequência, a empresa consegue obter resultados melhores.

Além de tudo, é um meio para ter total visibilidade sobre as jornadas de trabalho. Com os dados automáticos e relatórios descomplicados, dá para identificar se alguém tem trabalhado além de 10 horas por dia, por exemplo. Isso ajuda a controlar melhor o tempo de descanso, os intervalos e as outras obrigações necessárias ao bem-estar.

Diminuição dos erros

A adoção de um sistema manual para cuidar dos dados é contraproducente por vários motivos. Além de o processamento ser mais lento e de o controle ser menor, as chances de falhar batem no teto. Afinal, errar é humano e um colaborador do RH pode fazer o cálculo incorreto da jornada de trabalho.

Com o apoio da tecnologia, esse risco é eliminado. Desde que todas as pessoas utilizem o relógio da forma indicada, os dados são totalmente confiáveis. Então, dá para ter a certeza de que a empresa deve exatamente o que está registrado.

Acima de tudo, é um jeito de consolidar a transparência. Uma vez que as informações são lançadas de forma automática, não podem ser modificadas. Na hora de apresentar o tempo trabalhado no mês para cada profissional, o processo fica muito transparente e confiável.

Maior segurança para a empresa e para os colaboradores

Escolher um bom relógio de ponto eletrônico não é benéfico somente para o empreendimento ou apenas para os profissionais. Trata-se de uma decisão que ajuda a garantir a segurança dos dois lados desse relacionamento, de modo a aumentar a tranquilidade coletiva.

Para os colaboradores, o uso do recurso significa ter total controle sobre as horas trabalhadas. Ao conferir o salário, é possível ter a certeza de que o valor corresponde ao que é devido. Inclusive, é um jeito de acompanhar outros aspectos, como o tempo mínimo de descanso entre as jornadas.

Em relação ao negócio, também há muitos benefícios quanto à segurança. Para várias empresas, a adoção do relógio é obrigatória. Ao escolher a versão eletrônica, portanto, ocorre o cumprimento de uma das obrigações legais. Além de tudo, é um caminho para gerar dados seguros e confiáveis. Isso evita o pagamento indevido de salários ou o envio incorreto no eSocial. Assim, há riscos menores em relação a problemas com a fiscalização.

Outro aspecto importante é que existe segurança no armazenamento de informações. Por lei, é obrigatório manter o registro de ponto por certo período. De forma manual, existe o risco de os dados serem perdidos. Já com a alternativa eletrônica, há total segurança no armazenamento de informações, o que permite que a empresa tenha como comprovar o pagamento dos valores adequados.

Garantia de custo-benefício

Implementar um relógio de ponto eletrônico não é um gasto e sim um investimento. Isso porque a ferramenta traz um excelente custo-benefício para o negócio e ajuda a controlar as despesas. Em primeiro lugar, o uso das informações confiáveis evita erros na hora de calcular salários e benefícios. Como considera a jornada exata, o departamento não tem que pagar mais do que é devido para cada profissional.

O inverso também acontece. Com o registro meramente manual, talvez as pessoas recebam menos do que têm direito. Em muitos casos, isso leva a ações trabalhistas e a custos referentes ao apoio jurídico e às indenizações.

Para completar, a falta de controle das jornadas pode levar à fadiga da equipe. Como consequência, há mais chances de acidentes de trabalho. O resultado? Perda de produtividade e custos com processos e indenizações.

Com a escolha adequada da ferramenta, por outro lado, dá para garantir agilidade, confiabilidade e eficiência. Com tudo em seu devido lugar, as obrigações são respeitadas e todos saem satisfeitos. Em médio e longo prazo, portanto, o investimento apresenta um retorno cada vez maior.

Por causa dessas vantagens, adotar um relógio de ponto eletrônico é muito vantajoso. Se quiser obter esses benefícios, não deixe de contar com o apoio de uma solução realmente eficiente.

Como a escolha do recurso faz toda a diferença, entre em contato com a RWTECH e veja o que oferecemos para o seu empreendimento!

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário