Controle de Ponto

Como o ponto digital pode ajudar a empresa a economizar? Confira!

março 8, 2019
Tempo de leitura 6 min

Em todos os aspectos, o RH tem passado por uma vasta transformação digital. Suas rotinas de Departamento Pessoal têm sido trocadas por novas tecnologias. Uma das principais é o ponto digital, que ajuda a economizar tempo, energia e dinheiro.

Esse movimento não tem volta! A perspectiva é que o setor de RH reformule seus atuais processos para aproveitar ferramentas digitais. Do contrário, pode estar em desvantagem competitiva e prejudicar todo o empreendimento.

Nós reunimos tudo o que precisa saber sobre o assunto. No artigo de hoje, vamos explicar como o ponto digital pode ajudar a economizar recursos e tornar a gestão de pessoas mais eficaz. Por causa disso, leia os próximos tópicos com atenção!

O que é ponto digital?

Antes, a marcação do horário de entrada e saída dos profissionais era feita por meio da folha de ponto, uma espécie de caderno no qual os empregados poderiam anotar (manualmente) seu horário de entrada, saída, além do nome e pequenas observações.

Até hoje muitas empresas usam essa ferramenta, porém, ela tem se mostrado ineficaz. Por vezes, os colaboradores se esquecem de anotar o ponto ou incluem horários errados, o que causa erros à folha de pagamento e trabalho extra ao RH.

Para superar esse desafio, uma solução mais moderna é o ponto digital. Em suma, é um aparelho que permite o registro dos horários sem precisar de anotações manuais. O registro é feito por leitor biométrico ou cartão de proximidade, por exemplo.

Ele opera em parceria com o software de controle de horário dos empregados, que possibilita a administração e análise das informações acerca da jornada de trabalho. Dessa maneira, é possível ter um controle muito mais acertado, ágil e atual.

Como o ponto digital ajuda a economizar?

Segundo estudo da Deloitte, cerca de 56% das empresas estão redesenhando seus processos de RH para aproveitar ferramentas digitais. O controle de ponto e jornada de trabalho é um dos processos que estão sendo digitalizados, gerando modernidade e eficiência à organização. Isso também ajuda a reduzir custos e erros operacionais. Descubra como nos próximos tópicos!

Reduz erros de marcação

No método antigo, de registro em cadernos, é muito comum a ocorrência de erros de marcação. Muitos colaboradores não marcam o horário que efetivamente chegam ou trocam os horários de entrada e saída, deixado o registro bastante confuso.

Esses erros na marcação podem custar muito tempo ao profissional de RH, pois é preciso primeiro interpretar os dados para depois lançar no sistema ou planilha de controle — tudo de forma manual.

Os erros também prejudicam análises futuras. Por exemplo, com informações de ponto pouco confiáveis, como monitorar o absenteísmo do time ou estabelecer metas de assiduidade? É muito difícil, o que custa caro ao RH e à gestão de pessoas.

Evita processos trabalhistas

Muitos profissionais se sentem inseguros com o ponto antigo, pois acham que o setor de Recursos Humanos não registra suas horários adequadamente. Em alguns de casos, de fato, por ser um processo manual, existem erros no lançamento.

Nessa hipótese, há sérios riscos de profissionais insatisfeitos processarem a empresa. Isso, além de custar caro à organização, prejudica sua marca empregadora, agrava o clima de trabalho e pode elevar a rotatividade de empregados.

Quando o registro é digital, por outro lado, o correto registro das informações só depende do profissional. Todas os dados vão direto para um sistema, capaz de gerar relatórios e monitorar alguns dos principais indicadores-chave de desempenho.

Impede falsificações

O ponto tradicional é muito suscetível às falsificações. Um profissional pode entrar mais tarde ou sair mais cedo, depois anotar o horário que quiser no caderno de ponto. Em casos mais extremos, pode até faltar e marcar presença no dia seguinte.

Em boa parte, a empresa se torna refém do caráter do seu colaborador. Alguém mal intencionado pode descumprir o contrato de trabalho, trabalhar menos que seus colegas e receber a mesma coisa (ou até receber com hora-extra, se assim quiser).

Sistemas mais modernos impossibilitam essa falsificação. Todos os dados são registrados exatamente na entrada e saída, depois enviados para um sistema que só pode ser administrado com login e senha. Logo, torna-se quase impossível falsificar.

Aumenta a produtividade do RH

Imagine analisar ponto por ponto, identificar pequenos erros e realizar diversas correções, depois lançar tudo manualmente e fazer os devidos cálculos. É um enorme trabalho e desvia o RH da sua tarefa mais importante: gerenciar pessoas.

O método tradicional de controle do ponto é pouco produtivo, gasta tempo e energia dos profissionais de RH. Isso também pode ser traduzido em custos ao negócio, afinal, é preciso de mais mão de obra para manter as rotinas de gestão de pessoas.

Com um software de ponta, todo esse trabalho pode ser terceirizado às máquinas. O processo de registro, análise e gestão dos dados é feito por sistemas autônomos, assim o RH pode focar em questões mais estratégicas e essenciais ao trabalho.

Mitiga o uso de papéis e relatórios impressos

Outra vantagem está na redução do uso de papel. Isso, além de economizar, aumenta a responsabilidade socioambiental do empreendimento. É possível gastar menos tempo, energia e dinheiro com impressões e relatórios.

Ao usar um sistema, todas as informações ficam disponíveis de modo digital, é possível compartilhá-las com a alta administração pelo próprio sistema, gerar relatórios completos ou monitorar os indicadores — sem precisar de impressões.

Por onde começar?

Como é possível observar, essa transição é realmente importante. É como deixar o antigo DP e apostar em algo mais novo, o RH estratégico. Essa transição é essencial à sobrevivência da empresa e aumento da competitividade no mercado.

Para tanto, é preciso contar com um fornecedor de confiança e que ofereça soluções completas. Opte por um fornecedor que ofereça o relógio de ponto e software de controle da jornada dos profissionais, além da instalação e suporte necessários.

Enfim, o ponto digital é um avanço para o RH e pode torná-lo muito mais estratégico e funcional, além de reduzir o tempo gasto com a burocracia. Isso evita erros de manutenção, processos trabalhistas, impede falsificações, reduz a demanda por impressos e aumenta a produtividade na gestão do capital humano. No final, toda a organização é beneficiada.

Agora que entende do assunto, é preciso integrar essas vantagens à sua empresa. Aproveite para entrar em contato conosco e descobrir as soluções que separamos para você. Vamos lá!

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário